quinta-feira, 23 de junho de 2022

O amor acaba depois do casamento?

Muito provavelmente você já conheceu alguém que tenha "fracassado" no quesito casamento, talvez este alguém seja você mesmo, mas então o que deu errado? O amor acaba depois do casamento?

Em 2021 os cartórios registraram uma alta de 4% em relação aos divórcios aqui no Brasil, sendo que de janeiro a dezembro o número girava em torno de 80.573 casais desfeitos, algo de errado não parece certo...
Grande parte das pessoas que se casam depois de um tempo passam a relatar as mudanças de seu cônjuge e dentre as reclamações mais frequentes estão a de que "o parceiro já não se importa mais com as minhas necessidades e por isso deixou de me amar".
Mas o amor realmente acaba depois do casamento ou nunca existiu?

O que muitas vezes a gente ignora é a maneira como a maioria de nós constrói as relações, um casal que escolhe se relacionar está movido por um importante, porém limitado combustível: a paixão.
Quando nos apaixonamos um troço diferente acontece com a gente, primeiro temos a percepção de que encontramos alguém perfeito (normalmente porque esse alguém se parece muito conosco, tem os mesmos gostos e praticamente os mesmos objetivos), mas não para por ai não.
A obsessão e a euforia tomam conta daquele coraçãozinho apaixonado que agora vive com a única função de fazer o outro feliz esperando é claro que o outro faça o mesmo, a essa altura as pessoas mais próximas já foram capazes de ver a realidade por trás dessa relação mas o casal ainda não.
Existe um estudo conduzido pela psicóloga Dorothy Tennov mencionado no livro As 5 linguagens do amor  que diz que a paixão dura em média 2 anos, essa perspectiva tem por base a análise de vários casais, sendo assim o que vem depois?

Durante o inicio do relacionamento nosso objetivo é agradar ao outro, mas não se iluda existe um ganho por trás disso, quanto mais eu agrado ao outro mais amor este outro me dá.
Para isso a gente busca se adaptar a expectativa da pessoa amada, quem nunca adotou para si o gosto musical de seu namorado, ou passou a frequentar lugares que fora deste contexto jamais frequentaria, quem nunca mudou estilo de roupa, cabelo e rotina, tudo por amor.
Acontece que com o passar do tempo esse personagem dá lugar ao verdadeiro eu, então começamos a expressar nossas opiniões, nossas preferências reais e ai vem o choque.
Agora o foco não é mais agradar meu parceiro, a coisa muda de figura, o olhar mais individualista ganha espaço, o foco passa ser a minha satisfação.
A partir dai duas escolhas:
  • Aceito o fracasso da relação, me conformo e empurro com a barriga.
  • Aceito o fracasso da relação, termino e vou procurar outra pessoa.
Mas será se restam somente essas duas opções?
Primeira coisa que precisamos ter em mente é a diferença entre amor e paixão.
A paixão tende a desaparecer depois de um tempo e pasmem muitos se casam por paixão e não por amor, para saber se esse é o seu caso observe o que te motivou a casar.

Tendo em vista essa diferença surge a terceira opção que é muito mais madura e assertiva:
  • Reconheço que a paixão é temporária, reconheço que meu cônjuge não é perfeito e que eu também não sou e reconheço a possibilidade de encontrar o amor nessa relação.
Encontrar amor em uma relação não é uma tarefa fácil, precisa ser um trabalho em equipe e acima de tudo ser compreendido como uma escolha, sim o amor é uma escolha.
Em uma relação onde existe amor como base não há espaço para insegurança, controle, ciúme, agressividade, muito pelo contrário, ambos sentem prazer em ver o crescimento um do outro, existe uma cumplicidade genuína nada egoísta.
O amor é aquele que vai permanecer diante da individualidade do outro, que vai amar sem a expectativa de receber algo em troca, é aquele que vai completar.

E então, o amor acaba depois do casamento? 
Bom a resposta é que é a paixão quem tende a ir embora e não o amor, por isso é muito importante trazer a razão pro relacionamento na hora de escolher se casar, buscar o autoconhecimento para compreender suas idealizações sobre o relacionamento perfeito, o amor é o que fica depois que a paixão se esvai, vocês irão escolher vivencia-lo ou não. 











Nenhum comentário:

Postar um comentário